A Internet das Coisas chegou para ficar, prova disso é o crescimento do seu uso nos últimos anos em uma ampla gama de indústrias. De dispositivos portáteis à agricultura, instalações eletrônicas governamentais, cadeia de suprimentos e cidades inteligentes, o conceito inteligente está se expandindo ao longo da fronteira tecnológica.

Com a adoção em longa escala, as vulnerabilidades de privacidade e segurança são as principais preocupações quando se trata da Internet das Coisas, pois a quantidade de dados do usuário envolvidos é de escala colossal. Os ciberataques são uma realidade, pois a variedade de sistemas envolvidos e a falta de homogeneidade na composição da infraestrutura estão deixando muitas brechas que os invasores podem explorar e obter acesso aos dados.

Mas para resolver esta questão, uma outra tecnologia que tem sido cada vez mais empregada parece apontar a solução. A blockchain, com suas características de resiliência, suporte à integridade, anonimato, descentralização e controle autônomo da tecnologia a tornam uma alternativa atraente aos sistemas centralizados na luta por segurança e privacidade.

Brincadeira de gente grande

Empresas e negócios apreciaram as perspectivas da tecnologia blockchain em sua aplicação no setor de e estão realizando ativamente pesquisas no domínio das questões de segurança e privacidade que mais preocupam os usuários.

Um dos projetos mais promissores nesse domínio é a plataforma de blockchain da Credits, que desenvolveu recentemente um produto baseado na infraestrutura blockchain da empresa, no sistema em nuvem IBM e no IBM Watson.

A infraestrutura do IBM Watson, o sistema em nuvem IBM e a plataforma blockchain Credits se fundiram como uma solução potencial. O protótipo do sistema provou que possui a velocidade de processamento e a capacidade de armazenamento necessárias para lidar com a imensa quantidade de transações envolvidas.

Como uma luva

As características técnicas da plataforma de créditos tornam o modelo proposto aplicável nas indústrias, onde a alta eficiência na coleta de dados de fontes e o consenso é vital para processos de negócios eficazes.

O hash de dados e o consequente armazenamento do hash na plataforma blockchain Credits com suas características de imutabilidade e segurança de ponta em conjunto com o sistema de nuvem IBM permitem que as empresas resolvam o problema da manipulação de dados.

Não é difícil imaginar a aplicação desse sistema em bancos de dados de varejo e logística que envolvem redes amplas e grandes quantidades de dados do usuário.

Despertando interesses

Os gigantes de todos os setores da economia, incluindo governos, estão testando a aplicação do blockchain em suas áreas de operação.

O setor da cadeia de suprimentos é um dos mais afetados por questões de segurança e logística, como perda e roubo de carga, além de erros que podem ocorrer devido a fatores humanos ou técnicos.

A capacidade de rastrear itens em redes que abrangem todo o mundo é um grande problema. Soluções apropriadas ainda não foram desenvolvidas para serem colocadas em campo adequadamente. A reputação e os lucros das empresas de logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos estão diretamente relacionados à entrega oportuna e adequada dos pacotes.

O uso da solução permite que os clientes da Credits, como LLC Globaltechexport e IVHIMPROM, identifiquem problemas de qualidade no processo de produção e até automatizem a verificação e certificação da qualidade.

O uso da blockchain Credits para validar métricas obtidas de sensores IBM e compartilhar dados de qualidade do produto com os participantes da cadeia de suprimentos é uma melhoria vital nos mecanismos existentes. Segundo estimativas preliminares, a solução apresentada ajuda a reduzir os custos mensais das empresas em até 17%, transformando-os em receita.

“Eu vejo muito potencial na implementação de projetos baseados na plataforma de créditos. Um projeto com a IBM, líder em software, tecnologias em nuvem e serviços, está repensando como as práticas comerciais modernas funcionam. A solução complementa a IoT e a torna mais perfeita.

Como resultado, obtemos o máximo valor para os clientes corporativos, aproveitando os pontos fortes de todos os parceiros para resolver problemas complexos de negócios, Jennifer Trelewicz, ex-diretora da IBM e atual CBO da Credits.

Um dos fatores mais importantes em todo o negócio de logística, ou em qualquer outro negócio, é a questão da confiança e do desempenho adequado das obrigações contratuais. O uso de contratos inteligentes de blockchain e créditos pode permitir que as organizações automatizem e simplifiquem as relações com parceiros, pagamentos e medam KPIs de desempenho com base em dados reais, validados e imutáveis.

A formalização da parceria aponta que não só a Internet das Coisas veio para ficar, a blockchain também.