Recentemente o Banco de Compensações Internacionais (BIS), se reuniu com vários representantes da Libra, a moeda digital que será lançada pelo Facebook. A conversa foi realizada pelo Comitê de Pagamentos e Infraestruturas de Mercado (CPMI), onde discutiram diversas questões regulamentárias referentes às instituições financeiras que utilizam a tecnologia da blockchain.

O projeto da Libra, que foi divulgado em junho deste ano, tem sido alvo de diversas críticas, principalmente por órgãos regulatórias que enxergam o seu lançamento como uma ameaça ao sistema financeiro tradicional.

Durante a conversa estiveram presentes cerca de 60 bancos centrais e autoridades financeiras, responsáveis por regulamentações monetárias. Além deles, também marcaram presença a empresa Fnality International e a JPM Coin.

Desde julho deste ano o G7 vem fazendo apontamentos sobre o projeto da Libra. O grupo, que é responsável pelas 7 maiores economias do mundo, fez alertas em relação aos padrões regulatórios, que devem ser utilizados principalmente como estratégia para impedir casos de lavagem de dinheiro. O principal receio em torno da Libra surge em decorrência da possibilidade de um controle total, sobre dados financeiros e das moedas da população.