A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) rejeitou a última tentativa de criar um fundo negociado em bolsa de bitcoins (ETF).

Na quarta-feira (09), a SEC anunciou que a proposta da ETF, apresentada pela Bitwise Asset Management em conjunto com a NYSE Arca, não atendia aos requisitos legais para impedir a manipulação do mercado ou outras atividades ilícitas. A SEC colocou a responsabilidade na NYSE Arca, em vez da própria proposta da Bitwise.

Até o momento, a SEC rejeitou todas as propostas de ETF de bitcoin, citando manipulação de mercado e preocupações com atividades fraudulentas.

A ordem dizia:

“A Comissão está desaprovando essa mudança de regra proposta porque, conforme discutido abaixo, a NYSE Arca não cumpriu sua carga sob o Exchange Act e as Regras de Prática da Comissão para demonstrar que sua proposta é consistente com os requisitos da Seção 6 (b) do Exchange Act (5) e, em particular, a exigência de que as regras de uma bolsa de valores nacional sejam ‘projetadas para evitar atos e práticas fraudulentas e manipuladoras’.”

A Bitwise apresentou pela primeira vez a proposta de ETF à NYSE Arca em janeiro de 2019, dando início a sua iniciativa mais recente de oferecer aos clientes de varejo um produto regulamentado de bitcoin. A empresa procurou ser a primeira empresa a lançar uma ETF nos EUA, ao lado da concorrente VanEck, que apresentou uma proposta semelhante em janeiro com a SolidX e a Cboe BZX.